Túmulo de Oscar Wilde é reformado

16/12/2011

Em Paris, placas de vidro de dois metros de altura foram erguidas para evitar um tipo bastante curioso de homenagem. O túmulo de Oscar Wilde, autor do clássico O Retrato de Dorian Gray, foi por anos alvo certeiro de beijos de batom dos fãs, que o homenageavam pelo romantismo em suas obras. O falecido escritor irlandês agora conta com a curiosa proteção para o ataque romântico de quem admira a sua obra.

Merlin Holland, neto de Wilde, foi conciso ao falar do caso: flores sim, beijos de batom não. Além da barreira, o túmulo passou por uma reforma para a limpeza da escultura que o adorna, a esfinge alada, uma das principais atrações do cemitério de Père Lachaise.

Deixe o seu comentário

Posts mais populares