O poeta que morreu do coração

03/07/2012

Jovem poeta que queria fazer cinema, mas se torna famoso como cantor de uma banda de rock e vira uma lenda quando morre de um ataque do coração aos 27 anos. Essa é a história de Jim Morrison, vocalista da banda The Doors, que deixou milhares de fãs órfãos em 3 de julho de 1971.

Ele está sepultado no famoso cemitério do Père-Lachaise em Paris, onde seu túmulo é um dos mais visitados pelo público.

Confira um vídeo sobre a vida de Jim Morrisson apresentado no Jornal da Globo, onde o jornalista Nelson Motta fala sobre a vida do vocalista da banda The Doors.

Jim Morrison por Nelson Motta

Dia do Rock: Jim Morrison é eterno

13/07/2011

Hoje, dia 13 de julho, é mundialmente comemorado o Dia do Rock, ritmo norte-americano que conquistou o mundo ao longo do século passado. Também neste mês, mais precisamente no dia 3, completaram 40 anos da morte de Jim Morrison, vocalista e compositor do The Doors.

O dia 3 de julho tornou-se uma data de peregrinação para os fãs do músico, que viveu seus últimos anos em Paris, dedicando-se à poesia, e faleceu em 1971, vítima de ataque cardíaco. No aniversário de 40 anos de sua morte, não poderia ser diferente; o túmulo de Morrison foi cercado pelos fãs, adornado com flores, velas e outros objetos simbólicos, e recebeu também a visita de outros integrantes do The Doors.

A poesia das letras de Morrison foi imortalizada por uma legião de fãs dedicados, muitos dos quais sequer haviam nascido quando ele faleceu, que o transformaram em ícone. Uma lenda do rock n’ roll.

Localizado no cemitério Père Lachaise, em Paris, o túmulo de Jim Morrison é um dos mais visitados do mundo.

“Se minha poesia pretende atingir alguma coisa, é libertar as pessoas dos limites em que se encontram” Jim Morrison

Fonte: Wikipedia e Kovideo

Posts mais populares