Lembrança online

18/06/2012

Responsáveis por uma grande mudança de hábitos e comportamento na sociedade, as redes sociais também têm se tornado uma forma de administrar saudades e lembranças. Cada vez mais, familiares e amigos vêm administrando perfis de redes sociais de entes queridos após a perda e também a herança típica destes tempos digitais: o legado virtual que permanece na internet.
Algumas páginas, como o Facebook, permitem até mesmo transformar o perfil da pessoa que faleceu em um memorial. Nesta opção, as configurações de privacidade da conta são alteradas para que apenas determinados usuários acessem a página e possam deixar recados no mural.
Para os prevenidos, há sites ofertando serviços semelhantes a “cofres de banco” virtuais, onde o usuário pode armazenar um testamento orientando o que fazer com senhas e demais conteúdos online.

Leia mais.

Deixe o seu comentário

Posts mais populares