Semana especial – Cortel 50 anos

07/06/2013

Atuação no Rio de Janeiro

Para comemorar os 50 anos de história e tradição no segmento de serviços funerários, o Grupo Cortel vai expandir sua atuação para o Rio de Janeiro. Em parceria com o CEDERJ (Implantação e Administração de Cemitérios do Rio de Janeiro), o Grupo Cortel assume a administração de um dos mais tradicionais cemitérios do Rio de Janeiro, o Cemitério da Penitência (foto).

Captura de Tela 2013-06-10 às 09.44.19

“Alegria Alegria”

05/06/2013

Hoje, a alegria será no céu. Aqui na terra fica a tristeza na despedida do apresentador de TV e rádio Daltro Cavalheiro, que faleceu nesta terça-feira. Nascido em Santana do Livramento, Cavalcanti começou a trabalhar na TV em 1945, no auge dos seus 20 anos de idade. Passou pelas emissoras Piratini, Guaíba, Ulbra e TV Urbana, na qual apresentava desde 2007 o programa “Alegria Alegria”.

O corpo de Daltro será cremado no Crematório Metropolitano Saint Hilaire, em Viamão.

alegria alegria

Semana especial Cortel 50 anos (Parte II)

05/06/2013

Criado pelas mãos de José Elias Flores (foto), em 1963, o Grupo Cortel tem seu nome ligado a acontecimentos históricos no RS e no país, especialmente no que tange à vanguarda tecnológica, inovação e pioneirismo das suas práticas. Mas você sabia que empresas de outros países já procuraram o conhecimento da Cortel para desenvolver no exterior empreendimentos especiais?

Na década de 90, a Cortel criou seu setor de tecnologia e consultoria e passou a assessorar outras empresas na construção e administração de cemitérios dentro e fora do Brasil.

Uma das marcas deste período foi a parceria firmada com um grupo da Coréia do Sul, para a construção de um cemitério vertical no país.

1065

Semana especial – Cortel 50 anos

03/06/2013

O Grupo Cortel, responsável por diversos empreendimentos do segmento funerário – entre eles o Crematório Metropolitano – está comemorando neste mês seus 50 anos. Por isso, preparamos uma semana especial de postagens sobre esta importante empresa, que está entre as maiores do segmento no Brasil.

Vamos começar falando de como foi o início da Cortel. Você sabia que o Grupo originou-se na área da construção civil? Antes de tornar-se referência do segmento de serviços funerários a empresa trabalhou durante oito anos nos serviços de incorporação, urbanização e terraplanagem.

Em 1965, lançou o primeiro Plano Habitacional privado do Brasil. Até o final dessa década já havia construído quase duas mil casas e urbanizado quatro mil terrenos, uma atuação que influenciou diretamente as novas políticas habitacionais e de acesso ao sonho da casa própria no país.

Foi só em 1971 que a Cortel foi convidada a colaborar na construção e administração de cemitérios e ingressou neste mercado, entregando à comunidade o primeiro cemitério vertical em concreto armado do Brasil – o Cemitério Ecumênico João XXIII, em Porto Alegre.

Captura de Tela 2013-06-03 às 09.45.28

Postagens Recentes »

Posts mais populares